Inserir um Auxiliar de lactação


Este bebé precisa de receber suplemento. A melhor maneira de dar suplemento a um bebé é através deste tipo de auxiliar de lactação porque:

1. O bebé vai continuar a mamar na mama.
2. Os bebés aprendem a mamar enquanto mamam.
3. As mães aprendem a dar de mamar enquanto amamentam.
4. O bebé continua a receber leite da mama e portanto está a aumentar a produção de leite da mãe.
5. Há menos probabilidade do bebé vir a recusar a mama do que se fosse dado o leite ao bebé por um biberão ou por qualquer outro método que não fosse à mama.
6. Amamentar é muito mais do que apenas dar leite ao bebé; o bebé e a mãe mantêm um contacto físico muito próximo Uma maneira de introduzir o tubo é colocá-lo enquanto o bebé está à mama como neste vídeo. Uma outra maneira é alinhar o tubo com o mamilo e fazer com que o bebé pegue na mama e no tubo ao mesmo tempo.

Repare na posição do bebé:
1. O queixo do bebé toca na mama mas o nariz não toca.
2. O bebé cobre uma maior porção da aréola com o seu lábio inferior do que com o seu lábio superior.
3. O bebé está ligeiramente virado para cima em direcção à mãe.
O bebé agora já mamou de ambos os lados e não está a ter um bom fluxo de leite (está a chuchar ser beber – veja os vídeos dos bebés que estão a receber leite e os que não estão). Está na hora de dar suplemento.

Repare no seguinte:
1. O tecido mamário é afastado para que o canto da boca do bebé fique visível.
2. Com o bebé ligeiramente virado para cima torna-se mais fácil de ver o canto da boca do bebé e de inserir o tubo.
3. O tubo é inserido no canto da boca do bebé.
4. O tubo é empurrado a direito até à garganta do bebé, mas também ligeiramente virado para cima em direcção ao céu-da-boca do bebé.
5. O leite vai pelo tubo em direcção à boca do bebé, mas o bebé não está a beber (veja os vídeos dos bebés que estão a receber leite e os que não estão). Alguma coisa não está a resultar.
6. A mãe está a tentar fazer compressões, mas a compressão deve ser feita quando o bebé está a fazer sucção sem estar a receber leite, não quando o bebé não está a fazer qualquer tipo de sucção. Além disso se o bebé está à mama com o auxiliar de lactação as compressões não são necessárias.
7. Ao segundo 21 do vídeo, o tubo é ajeitado começando assim a dar resultados. O bebé está a receber leite.
8. Repare que o bebé abre os olhos quando começa a receber leite outra vez. Os bebés não são “preguiçosos”; eles reagem ao fluxo de leite. Os bebés novos como este têm tendência a adormecer quando o fluxo de leite é lento, e não necessariamente porque já comeram o suficiente.
9. O tubo é novamente ajustado por volta do segundo 35. Se o bebé está a fazer uma boa pega e se o tubo está bem posicionado, não demora mais tempo do que dar o biberão ou alimentar com o dedo. Alimentar o bebé com o dedo não é a melhor escolha se o bebé for capaz de pegar na mama.
10. Por volta do minuto 1 deste vídeo, o queixo do bebé é puxado um pouco mais para baixo. Lembre-se que uma boa pega e um bom posicionamento do tubo fazem com que este sistema funcione melhor. Puxar o queixo para baixo faz com que mais mama vá para a boca do bebé.
11. Ao minuto 1 e segundo 18, consegue-se colocar o bebé ainda mais assimetricamente ou fazer com que a mãe empurre com o seu antebraço as nádegas do bebé mais de encontro a si.
12. Ao 1 minuto e segundo 55, o leite sai da boca do bebé, significando que há qualquer coisa que não está a correr bem. O bebé deixou a mama escorregar ou o tubo saiu da posição. Reajustar novamente o tubo faz com que o processo volte a funcionar.

breastfeeding inc.
1255 Sheppard Avenue East
Toronto, M2K 1E2

PH: 416-498-0002
FAX: 416-498-0012